Encontro de 16 de julho de 2014

Fora do padrão do grupo, reuniram-se nesta quarta-feira os membros do Sempre um Livro com o intuito de conversarem sobre o texto de Shakespeare, Rei Lear.

Como, também de forma inédita, a discussão prosseguia com o mesmo autor pelo segundo mês consecutivo, não houve a necessidade de retomada dos seus dados biográficos, porque eles já haviam sido apresentados pelo anfitrião do encontro sobre Hamlet naquela oportunidade (e estão colocados no texto Apontamentos biográficos: William Shakespeare). Desta vez, portanto, houve a oportunidade de elucidar um pouco a teoria polêmica sobre o fato de “William Shakespeare” ser, na verdade, um pseudônimo de outro escritor…

Falou-se um pouco da “pré-história” do Rei Lear, suas origens literárias e históricas e as possíveis fontes de Shakespeare para a redação da peça.

Por fim, o roteiro da tragédia tomou conta das discussões, sendo pacífica a admiração de todos pela intensidade da história.

VOTAÇÃO

Encerrada a discussão, o grupo passou à votação da próxima leitura, sendo concorrentes os seguintes títulos:
“Bartleby, o escriturário” (Herman Melville)
“Apologia de Sócrates” (Platão)
“Memória de Elefante” (António Lobo Antunes)

E a obra vencedora da votação, para o anfitrionato inédito da Rita: “O processo” (Franz Kafka)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s