“Histórias extraordinárias”, de Edgar Allan Poe: uma indicação de leitura, um emaranhado editorial e o impensado desencontro

Os habitués deste espaço já sabem como funciona o grupo de leituras: a cada mês os membros do grupo se reúnem para discutir uma obra indicada previamente (via de regra, ao final do encontro anterior).

Em julho passado a ideia era discutir a obra Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan Poe. A indicação foi deste que, com atraso, escreve esta pequena nota. Embora soubesse da existência de outras traduções/adaptações (a minha estava creditada a Clarice Lispector), não imaginava que sob esse título pudesse existir um emaranhado de edições com diferentes contos do autor, reunidos sem critério. A este respeito, segue indicação de dois trabalhos acadêmicos dedicados ao tema:

Artigo de Denise Bottmann a respeito da presença de Poe no Brasil: http://bit.ly/rhiZGJ

Artigo de Karin Hallana Santos Silva e Elida Paulina Ferreira com uma comparação entre a adaptação dos contos de Poe por Clarice Lispector e a ‘tradução’ desses contos por Breno Silveira: http://bit.ly/13Fgc99

Pós-escrito

Sobre o “inesperado desencontro” aludido no título desta postagem: diante da multiplicidade de edições, a discussão do grupo ficou prejudicada e o que parecia ser simples adquiriu uma proporção bem maior, levando-nos a optar por um novo encontro sobre o Poe, com textos selecionados, de modo a tentar dar foco a uma leitura que tenderia à dispersão.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s